Sua Empresa trata o Conhecimento como um Ativo?

Sua Empresa trata o Conhecimento como um Ativo?

A gestão do conhecimento é de relevância fundamental evidente nas empresas, tanto privadas quanto públicas.  Seus atributos e aplicação medeiam os debates acadêmicos e alcançam as rotinas de trabalho, de maneira centralizada e empreendedora. Sua base está na preparação de métodos organizados de captura, composição e retenção, verificação e disseminação do conhecimento institucional.  

O conhecimento é revelado como um recurso econômico por meio da tecnologia, com o auxílio da atualização de conhecimentos e uso de técnicas modernas. Desse jeito, acredita-se que o conhecimento gere riqueza, e, deve-se supor que o homem vive em uma sociedade baseada no conhecimento e que suas aplicações produzem efeitos e benefícios intangíveis, que agregam valor dentro das organizações. Ou seja, tão importante quanto deter o conhecimento necessário para se destacar no mercado, é saber como armazená-lo e, principalmente, saber transmiti-lo de modo eficaz, quando se fizer necessário.

Na última década, notou-se que as empresas brasileiras investiram em projetos de gestão do conhecimento para incentivar a distribuição do conhecimento, a colaboração, a cooperação, a preservação da memória organizacional, afim de incorporar as informações dispersas na empresa, mas ainda estão longe do ideal competitivo.

As técnicas de gestão do conhecimento visam contribuir no procedimento de captura e elaboração do conhecimento de grupos de pessoas, dispondo esse conhecimento em um repositório distribuído por toda empresa. É fundamental assegurar um espaço favorável nas empresas, e elaborar a infraestrutura adequada, para progressivamente criar uma percepção geral do problema e da importância do compartilhamento por meio da transferência de conhecimento. A aplicação da gestão do conhecimento pode conduzir a empresa à conquista de melhores resultados, através do foco nas pessoas que movem a empresa.

A declaração de critérios práticos e técnicos faz-se imprescindível para distinguir os softwares presentes no mercado e para auxiliar o método de escolha de ferramentas de gestão do conhecimento.

A seleção destas ferramentas pondera que o amplo emprego da internet na maior parte das organizações auxiliaria a implantação de intranets, groupwares e, até mesmo, dos sistemas de gerenciamento eletrônico de documentos, colaborando para aperfeiçoar a gestão das informações e o compartilhamento do conhecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *